terça-feira, 11 de dezembro de 2012

Annyeonhaseyo   ^-^
tudo bem com vocês? Quanto tempo! Hoje gostaria de falar um pouquinho sobre "ser diferente". Como assim? Quero dizer sobre gostar de coisas que a maioria não gosta ou pensar diferente e querer aprender coisas diferentes! E claro, quero saber a opinião de vocês! Bom, eu adoro coreano e resolvi aprender a falar, muitas pessoas acham estranho querer aprender uma língua tão diferente da nossa, mas eu realmente acho bonito e fiquei muito feliz por achar um blog como o aprendendocoreano.net que pode me proporcionar este tipo de aprendizado! Também não curto muito sertanejo, música que muita gente curte. E principalmente não gosto muito de samba, mas eu sou brasileira de coração como qualquer um que goste e dance samba. Penso que essa cultura do samba e do carnaval não é necessariamente do Brasil e sim, mais de SP e RJ, Minas e o Nordeste, por exemplo, tem grande tradição em festas juninas, é a nossa grande cultura. Assim como cada região do país tem a sua em especial. Por isso, não acho justo, os estrangeiros nos veem apenas como o país do carnaval e do futebol. Cabe a nós mostrarmos a eles que além disso, temos diversas coisas lindas a oferecer! Para terminar vou deixar uma frase que achei no facebook um dia:
"Prefiro ser chamado de estranho a ser normal em uma sociedade onde ética não tem valor algum, onde ideal não passa de uma palavra no dicionário, onde cultura é curtir qualquer porcaria só porque está na moda, onde música é sinônimo de barulho. Definitivamente eu prefiro ser estranho."
E isso é a pura a verdade. A humanidade está perdendo os sentimentos mais bonitos. Esse ano na minha cidade, por exemplo, não teremos luzes de natal e sabem por que? Porque a prefeita perdeu as eleições e sairá ano que vem, então não quis colocar. Agora me digam, isso é certo? O Natal tem que ser comemorado sempre! Não é uma questão de política, é questão de sensibilidade e ética! É a chegada de Jesus, uma época que deve ser comemorada sempre dentro de nós e principalmente agora! E aqui não está em clima, por causa de uma coisa banal! Por isso, se não estamos magoando ninguém, devemos sempre ser quem somos e fazer o que o nosso coração mandar, afinal que graça teria se fôssemos todos iguais?
Beijoos ^^

4 comentários:

  1. Hey.. lindo texto bem. ^^ Coberta de razão! (Mesmo que eu não seja chegado lá para aqueles lugares da China [risos])

    ResponderExcluir
  2. É isso aí amiga. O mundo seria muuuito melhor se as pessoas se assumissem como são. A "infelicidade" está em viver o que os outros querem e não o que gostamos.

    Abraços..............Antonio Novaes

    ResponderExcluir
  3. Olá Vivian!
    concordo plenamente com você..
    o maior erro das pessoas é querer serem todas iguais, ouvir as mesmas coisas, curtir as mesmas coisas, sendo que cada um tem sua própria essência.
    adorei sua resenha!

    ResponderExcluir
  4. Tem um selinho pra você. beijos

    http://bookmusicandmovie.blogspot.com.br/2013/01/selinhos.html

    ResponderExcluir